-A A +A
Campus de Maruipe, Vitória - ES

Histórico

Em 1979 e, posteriormente, em março de 1996 o Governo do Estado do Espírito Santo solicitou à UFES, estudos para viabilizar a incorporação pela mesma da Faculdade de Farmácia e Bioquímica do Espírito Santo (FAFABES). Inicialmente, a comissão encarregada pelo processo concluiu pela inviabilidade da incorporação, devido à impossibilidade de efetivação, pela UFES, do pessoal de magistério e servidores não docentes. Essa mesma comissão recomendou ao Centro Biomédico-UFES, a criação de seu próprio curso de Farmácia e a modalidade Análises Clínicas e Toxicológicas. A criação do novo curso foi aprovada em agosto de 1997, através da Resolução nº. 99/97, sem qualquer vínculo com a FAFABES.

Entretanto, atendendo a um apelo da comunidade da FAFABES, o Conselho Universitário da UFES resolveu incorporar o curso de Farmácia da FAFABES, nos termos da Resolução nº. 26/97, de 02 de setembro de 1997.

Em maio de 1999, através da Lei Estadual Complementar nº. 149, a Assembléia Legislativa do Estado do Espírito Santo, autorizou a transferência do curso ofertado pela FAFABES e sua conseqüente extinção, ficando seus professores e funcionários lotados em quadro suplementar na Secretaria de Educação e cedidos, até a aposentadoria de cada um, à UFES, sendo também cedidos todos os bens patrimoniais do acervo da FAFABES para a UFES.

Através da Resolução nº. 54/98 do CEPE, foram aprovadas duas grades curriculares diferentes, uma referente ao curso novo criado pela UFES e outra referente ao curso antigo da FAFABES. Foi, em seguida, aprovada uma equivalência entre as grades curriculares, tendo o curso de Farmácia uma duração de 3,5 anos e a habilitação em Análises Clínicas de 1 ano de curso, perfazendo um total de 4,5 anos. O curso tinha uma estrutura ainda fora dos padrões das novas diretrizes curriculares (Resolução CNE/CES 2, de 19 de fevereiro de 2002) e possuia uma carga horária de 4065 horas de disciplinas obrigatórias e 60 horas de disciplinas optativas, divididas em 9 períodos, totalizando 4125 horas mínimas para graduação.  A cada semestre, ingressavam 20 novos alunos.

No ano de 2008, passou a vigorar na instituição uma nova grade curricular, seguindo a Resolução CNE/CES 2, de 19 de fevereiro de 2002 que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia, com o objetido de formar egressos/profissionais com formação humanista, crítica e reflexiva, sendo proposta uma aprendizagem baseada no diagnóstico e resolução de problemas para o setor farmacêutico com integração entre as áreas do ciclo básico e profissionalizante.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900